Seja bem vindo!!!

"O transe poético é o experimento de uma realidade anterior a você. Ela te observa e te ama. Isto é sagrado. É de Deus. É seu próprio olhar pondo nas coisas uma claridade inefável. Tentar dizê-la é o labor dos poetas."

Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2011

"Cansaço"


Não, não. Não liga não...
É só cansaço.
É aquilo que entre a tristeza e a felicidade
Se põe no hiato, no intervalo, no traço,
No elo...no pequeno espaço.

Sim, é só este companheiro premente
Sintoma da alma que busca ir além
Que não quer nada demais
a não ser dar passos...só passos.

Permeia e ludibria,
Alumia e fenece,
É aquilo que no intenso deserto floresce
Tece, estreme,
É o contrário, que enriquece.

Que no crivo faz-nos forte, que na dor nos ancora
É do cimo a via terrestre, É o concreto, o agora...

Mas não liga não, é só cansaço.
Provir da paciência.
Nesses momentos só quero o silêncio ...
e sua sublime eloquência.

Anderson Tomás

3 comentários:

  1. Incrível!Parabéns pelo blog!!
    Abraços Sucesso.Monique
    www.bysantaanja.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por seu poema! Abço

    Anderson, eu criei um selo para presentear todos os amigos que estão na minha lista "BLOGS DE AMIGOS"
    e gostaria que você aceitasse o selo, mesmo
    que não o exponha aqui no seu blog - embora
    pra mim venha a ser uma honra expo-lo aqui,
    mas caso você não queira expor, ao menos
    veja o selo nessa postagem que escrevi
    e se quiser, pode salvar para você,
    afinal é meu presente p/seu blog:
    http://bs-bg.blogspot.com/2011/07/neura-do-selo.html

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do teu blog...estou te seguindo. Gostaria muito de ti ver no feita poesia que é um pouco de mim se gostar me segue e comenta vou ficar muito feliz:http://soueufeitapoesia.blogspot.com/
    ...Um dia iluminado fica com papai do céu bj !

    ResponderExcluir